Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Quero Voltar a Encontrar-me...



Hoje, cansada das mentiras procuro o meu refúgio,
onde eu possa sentir o fresco e a pureza da água ao descer
pela minha garganta, seca pelos soluços contidos...
Construir o meu nicho de tristezas, senti-las e solta-las;
se em mim ou na vida, não sei...
Meus sonhos quebraram, tento levantar-me...
dos tropeços das minhas ilusões, ponderar, equilibrar-me...
da realidade, do meu próximo ficou a ingratidão traiçoeira.
Será que um dia eu consigo curar esta maldita mágoa,
que me destrói, matando-me um pouco a cada dia, a cada hora;
talvez...se esse dia chegar consiga entender o porquê da vida ser assim.
O porquê???
de pessoas que são gente como eu, ou só penso eu que são?
A pior morte não é a do corpo que vai minguando,
é a da alma que vai perdendo o brilho, como um final de tarde cinzento,
aguardando a tempestade que aponta no horizonte,
trazendo pedras duras, geladas e destruidoras.
Quero encontrar-me, falo de mim, que nunca pedi nada, e a morte vivo,
simplesmente pergunto, o que me darias se te pedisse a paz,
sabendo que necessito de matérias vivas, ao menos para ter o que lembrar?
Mas que força é esta, se não um sentimento,
que me faz sentir assim,
como se em mim eu não existisse mais?
Sim...porque no reflexo do espelho, não me reconheço.
O brilho dos meus olhos...simplesmente desapareceu.

(Copyright © Nylda)


publicado por Nylda às 15:46
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito

Minha Paz!

Silêncio!!

Amor!!

Autoestima!!

Aprendi!!

Desejo um Ano 2013!

Dedicação!

Sonhando junto ao Mar!!

Paz Interior!!

O Silêncio!

Setembro 2013

Julho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2006